Os melhores óleos essenciais para insônia

Existem vários óleos que relaxam o corpo e a mente. Irei citar aqui os 3 óleos que mais gosto para momentos de insônia. Lembrando que os óleos essenciais possuem diversas propriedades que atuam em várias partes de nosso corpo. Seja físico ou emocional. Abaixo irei citar todos os seus benefícios:

1 – Óleo essencial de Lavanda

A lavanda (lavanda angustifolia ou officinalis) é originária da região do mediterrâneo e largamente cultivada no Sul da Europa, em principio na França, Itália e Inglaterra. Muito usado em banhos é o mais versátil dos óleos. Ela é citofilática ( faz as células se reproduzirem rapidamente).

É empregado pela medicina popular como um sedativo suave, como supressor da tosse, em distúrbios gástricos e dores reumáticas e articulares. Durante a segunda guerra mundial, era aplicado como antisséptico para feridas. A lavanda possui qualidades benéficas quando aplicada sobre queimadura.

Quais seus benefícios ?

Físico: insônia, dor de cabeça, enxaqueca, antisséptico, antiinflamatório, queimaduras, cicatrizante, disfunções hepáticas, inflamação na garganta, desintoxicante, reduz a pressão alta.

Pele/Cabelos: regeneração celular, bom para todos os tipos de pele, dermatite, psoríase, furúnculos, queimaduras

Emocional: equilíbrio emocional, amparo, paciência, calma, suavidade, fortalecedor do sistema nervoso, flexibilidade

Neutraliza no campo emocional: ansiedade, irritabilidade, impaciencia, agressividade, stress

É um dos poucos óleos que pode ser aplicado diretamente na pele, especialmente em queimaduras. Nas dores de cabeça pode ser aplicado diretamente sobre a têmpora 1 gota de óleo essencial de lavanda.

2 – Óleo essencial de Camomila Romana

Popular na forma de chá herbal, produz óleo de tratamento dermatológico eficaz, devido a propriedades calmantes e tonificantes. Tem forte ação anti-inflamatória, penetrando as camadas da pele para suavizar, tratar, reparar e combater problemas como eczema.

Quais seus benefícios?

Acalma a pele – o óleo tem efeito anti-inflamatório que o torna ideal para tratar alergia e sensibilidade da pele.

Trata e limpa a pele – com ação reparadora, ajuda a cicatrizar arranhões e feridas. Há evidencias de que a ação regeneradora de tecidos é mais rápida em comparação com outros medicamentos para esse fim. As propriedades adstringentes leves auxiliam a desobstrução dos poros.

Atenua a dor – Os anti-inflamatórios presentes na camomila, bisabolol e apigenina, tem ação semelhante aos analgésicos sintéticos diminuindo a dor e aliviando os sintomas da artrite.

Auxilia a digestão – é usado para problemas como digestão, úlceras gástricas e cólica.

Fortalece a imunidade – o óleo é usado para reforçar a imunidade.

Promove um sono reparador – contribui para acalmar a irritabilidade, a tensão nervosa e a dor de cabeça comum, favorecendo o relaxamento.

3 – Óleo essencial de Manjerona

Originária da região mediterrânea, a manjerona é uma planta aromática cultivada em jardins. Era usada na Grécia para proporcionar vida longa. “Manjerona”significa “superior”em latim. Considerada na Aromaterapia o “sossega leão”.

Esse óleo aromático que aquece e relaxa é conhecido por auxiliar a digestão e aliviar cólicas estomacais e menstruais. O leve efeito sedativo pode baixar a pressão arterial e a frequência cardíaca e acalmar a ansiedade.

Quais seus benefícios?

Diminui a ansiedade – Sedativo suave, o óleo trata tensão nervosa, ansiedade, pânico e insônia.

Melhora a circulação – Tem poder tonificante que pode ajudar o tratamento de hipertensão.

Combate resfriados e gripes – A ação térmica controla os calafrios e alivia a congestão nas vias respiratórias e nos pulmões

Tem efeito analgésico – Ameniza dor de cabeça e enxaqueca. Massageie em músculos e articulações para abrandar dores, torções, distensões, reumatismo e artrite.

Colabora para a saúde da mulher – A ação reconfortante atenua sintomas pré-menstruais, como ansiedade, cansaço, irritabilidade e cólicas durante o ciclo.

Leave a Comment

Advertência
O Botânico é resultado de pesquisas realizadas em diversos livros especializados e artigos científicos. Para mais informações veja nossas referências bibliográficas. Não nos responsabilizamos pelo mau uso das informações aqui contidas e não podemos dar garantias formais das atividades aqui propostas. Além disso, essas informações não substituem a consulta médica. Sendo esta imprescindível para o diagnóstico correto e acompanhamento do paciente. ATENÇÃO: Nunca use óleos essenciais diretamente na pele, sempre dilua e respeite as taxas de diluição. Consulte um aromaterapeuta para uma prescrição adequada a cada caso apresentado, visto que critérios individuais podem influenciar no tratamento com óleos essenciais.